14 dicas e truques para prolongar a vida de sua bateria no Android

Se você é um novo dono de um smartphone com Android, a coisa mais importante para tomar conhecimento é como e quando carregar sua bateria. Especialmente se você era acostumado a um celular que… bom, era apenas um celular. É uma grande mudança partindo do principio de que carregava seu celular uma vez por semana para cargas mais frequentes, agora.

Então, aqui vão algumas dicas que ajudará você prolongar a vida de sua bateria no seu novo smartphone.

Se você tentar e fazer todas as dicas e truques que vou listar aqui, você pode ‘estragar’ sua experiência ao uso de um smartphone com Android, porque irá ficar constantemente preocupado com sua bateria, o que não é o que queremos, certo? Aqui vou listar TODAS as dicas e truques que conheço. Mesmo assim, eu não uso todas elas. Usando algumas delas (possivelmente uma ou duas) será o suficiente para perceber o quanto sua bateria vai durar mais.

1. Desligue suas conexões sem fio (mobile networks) quando não estiver usando elas.

As conexões sem fio são o que conectam seu celular com o resto do mundo. Você possui em seu smartphone conexões como: wi-fi, 3g, gps, bluetooch. Se você não estiver usando alguma ou todas elas, desligue. Se sabe que não vai precisar usar 3G ou wifi por um longo período de tempo, por que manter ligada? Se você não está usando Google Maps, ou algum app de localização, por que manter GPS ativo? o GPS sempre tenta pegar sua localização para manter atualizado, mas se você nao precisa disso a todo momento, desligue. Existe muitos widgets no Market, que facilitam o “ligar/desligar” em sua homescreen, sem ter que ir aos menus do sistema. (listarei alguns links ao fim do artigo).

2. Ativar alertas vibratórios consome muito mais bateria.

Qualquer tipo de alerta que faça seu aparelho vibrar, consome mais bateria. Isso inclui até o feedback das teclas ao digitar (algo padrão que vem no android). Se você usa bastante seu smartphone para escrever, vai perceber uma enorme diferença de como a bateria vai durar mais, desativando esta função. E também, se você está em um lugar que pode ouvir perfeitamente seu aparelho, para que deixar o alerta de vibração ativado? Se você consegue notificar via som os alertas de seu smartphone, não há razão para deixar ele vibrando.

3. Não use task killers.

Loucura, certo? Especialmente se você está usando Froyo (Android 2.2) ou versão maior, o Android já possui o seu proprio task killer e que é, atualmente, muito bom. Se algum aplicativo está usando muita memória, seu Android vái matar o processo do aplicativo automaticamente. Uma concepção errada é que os apps ficam em background pra sempre. Isso não é real. Se um app está usando muita memória (o que o liga diretamente ao consumo de bateria) este app vai ser interrompido pelo Android. Isso explica porque quando você joga um game, em seguida lê uma mensagem e depois volta ao game e ele continua em andamento. Pois a memória usada, não é tao grande a ponto de ser fechada pelo Android, automaticamente. Agora, se você o pausa, e num período de uma hora ou mais não usa, a probabilidade de o Android matar o processo do game é grande, pois vai notar que existe algo em background esperando para ser usado em um período curto, e está consumindo memória (e bateria), o sistema percebe e mata o processo para evitar gastar sem necessiadade. E acredite, o sistema do Android vai aprendendo a fazer isso com mais eficiência, observando seu próprio uso. Task Killers instalados paralelamente, para constantemente ficar checando se tem apps em background que usem memória ou drenam a bateria podem usar mais a bateria do que poupá-la. Clique aqui para entender mais sobre task killers no Android.

4. Juicedefender

Um aplicativo bem legal que ajuda seu smartphone poupar bateria. É preciso ver e mexer para entender direitinho, mas basicamente quem realmente está precisando poupar a vida da bateria, recomendo ter este app. Basicamente, ele tem perfis de uso para diferentes tipos de tarefas diárias. Você consegue de maneira pratica ativar/desativar alguns serviços. De início parece um pouco complexo configurá-lo, mas não é tanto. Veja nosso pequeno review do JuiceDefender aqui. O resultado é impressionante. :)

Link do app:

https://market.android.com/details?id=com.latedroid.juicedefender

5. Evite usar Live-Wallpapers

Eles são muito bonitos, né? Mas também consomem muita bateria. (especialmente os mais complexos) Nós sempre usamos papéis de parede animados para mostrar como pode ficar bonito a experiência de novos smartphone, mas no dia a dia, evite usá-los. Eles realmente COMEM sua bateria.

6. Ajuste o tempo limite de sua tela para desligar.

Alguns smartphones vem com um tempo limite de 3 minutos ou mais. É completamente desnecessário. Enquanto você não precisa que a tela esteja acesa, pode desligá-la. Você pode limitar o tempo de tela de espera nas preferências do sistema. Quanto mais rápido sua tela descansar, menos bateria vai consumir.

7. Encerre apps que você não está usando.

Certo, você deve estar pensando que entrei em contradição né! Mas não quis dizer matar apps com task killers. Existem apps no Market, que apenas lhe informam em uma lista, os apps que estão em espera. Sendo assim, eles não são automáticos e não ficam matando apps aleatoriamente para tentar salvar consumo da bateria (consumindo mais ainda). São tipo ‘Watch Dogs’, inspecionam e deixam que você tome a decisão. Manualmente.

8. O flash de sua câmera, também colabora.

Colabora para sugar muuuito mais sua bateria. Se o ambiente é claro e com boa luz, não deixe o flash disparar, mantenha a opção no minimo em “auto”, ou se realmente tiver certeza que não vai precisar, deixe em off. Flash disparado para foto consome mais bateria que qualquer outro aplicativo.

9. Baixo sinal de operadoras.

O seu smartphone está sempre procurando o melhor sinal, a melhor frequência para usar. Este processo também influencia no consumo de bateria. Se o sinal está fraco (1 barra, ou 2) provavelmente seu aparelho vai ficar tentando encontrar um sinal melhor. Isso é normal, qualquer aparelho faz isso e não há muita opção para melhorar essa questão, apenas ficar atento de no caso estar em um lugar que o sinal está baixo, e você tiver certeza que nao irá receber ou fazer chamadas, colocar o celular em ‘airplane’ mode (modo avião) o qual ele desliga todas as conexões de operadora.

10. Sempre desligue a rede mobile da operadora.

Geralmente, podemos consumir dados da operadora usando 2G (ou EDGE). É uma rede que usa seus créditos ou se você possui uma franquia pré paga ou pós paga mesmo. Ela gasta muito menos que 3G, mas mesmo assim, consome bateria. Caso não for realmente necessário utilizar e manter essa rede mobile de dados ativa, desligue-a. Fica em: Configurações -> Redes sem fio e outras -> Redes móveis -> Dados Ativados. Ela constantemente ativa, vai sempre ser usada para checar e-mails, sincronizar redes sociais, etc.

11. Falando em sincronizar…

Verifique suas configurações sobre sincronismo. Existem vários tipos delas, incluindo contas do Google, GMail, Twitter, Facebook e afins. Estão em Settings (Configurações) -> Accounts & Sync (Contas e Sincronismo). É possivel programar essas configurações, por exemplo: Eu deixo meu facebook para atualizar a cada dia, e meu email a cada hora ou meia hora. Caso o período for muito curto, ele vai sempre consumir bateria para tentar sincronizar seus dados com os do servidor. Se você está no trabalho e tem um computador que pode usar e checar suas redes sociais ou e-mails, não é necessario que o smartphone tente sincronizar tudo em períodos muito curtos. Vai baixar apenas coisas que você já viu ou leu.

12. Não utilize o GPS a não ser que realmente precise.

Alguns aplicativos dão a opção de determinar sua localização precisa, ou tentar estimar isso com base no wi-fi ou 3G. Enquanto isso não é necessário (fora usar para se orientar dirigindo ou similar). Tente manter estas configurações desativadas se não for preciso utilizá-las. Ou mantenha apenas uma ativa, por exemplo 3G, consome muito menos para encontrar uma localização aproximada do que GPS.

** abaixo, para root users, ou usuários mais experientes. **

13. Outras compilações.

Teste e procure diferentes kernels, com adaptações sobre consumo de bateria. Existem fóruns especializados sobre o assunto e realmente existe uma boa diferença em consumo.

14. Underclock.

Assim como o SetCPU pode dar um overclock em seu aparelho, este também pode dar um underclock, ou seja, baixar a frequência do processamento do aparelho, e assim tentar poupar consumo. No entanto, pode acontecer de ficar mais lento e sua experiência com um super aparelho tornar-se ‘chata’.

 

Fonte : http://www.euandroid.com.br

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s